Tática anti-crise: Corte 5, invista 2

Diego Maia

Muitas empresas tem me contratado para falar sobre as perspectivas e oportunidades da crise político-econômica brasileira.
O foco central destas minhas apresentações é o que pode ser feito pelas equipes neste momento de competitividade acirrada, afinal, muito pode ser feito não apenas para sobreviver, mas para crescer.
Quanto tudo vai bem, ou seja, quando a economia está em alta, até profissionais despreparados e empresas “mais ou menos” conseguem ter êxito. Quando o cenário apresenta queda no consumo, desemprego e aumento do custo, posso dizer que só os fortes e preparados conseguem passar ilesos.
Tenho recomendado às empresas que foquem na identificação de ao menos cinco oportunidades de redução de despesas e custos, cortando sobretudo o que traz prejuízo. Mas isto por si só, não basta. Pelo contrário, amplia a recessão emocional da equipe envolvida.
Além da redução consciente, é necessário escolher um ou dois focos de aceleração de resultados e colocar estas ações para girar, pisando fundo no acelerador.
Quer ver uns exemplos possíveis do que estou dizendo?
1 – Investir em publicidade consciente e consistente é uma incrível oportunidade para todas as empresas. Em períodos de baixa na economia, a maioria das empresas corta este tipo de investimento e os veículos de comunicação, por sua vez, oferecem melhores oportunidades.
2 – Investir em treinamento. Como no tópico “publicidade”, ainda tem gente que acha que treinar a equipe é custo, quando na verdade, é investimento. Não importa se sua equipe tem 1, 10, 100 ou 1000 colaboradores. O treinamento é a mola propulsora para garantir resultados no médio e no longo prazos.
3 – Investir em tecnologia e melhoria de processos. Agora é o momento de se dedicar a preparar sua empresa para o bom combate. No que diz respeito a sistemas, você consegue ter uma visão ampla da sua operação? Empresa que é controlada por planilhas de Excel não vão muito longe.
Daqui a pouco o cenário melhora e se você não fizer nada, o ciclo vicioso volta. Utilize este momento preparar sua empresa para o futuro. Afinal, não é somente o “hoje” que está em jogo.
Sei que é difícil pensar nestas coisas quando a preocupação é fechar as contas do final do mês. Mas, como disse, escolha 5 focos de contenção de custos e um ou dois focos de investimento.

Comments are closed.

Login

Perdeu sua senha?